A Capa da Dragão Brasil 121

Foi anunciada ontem a capa da Dragão Brasil #121 na RedeRPG e no próprio blog do editor Sílvio Compagnoni. A edição tem previsão para ser lançada ainda em Fevereiro.

A capa ficou realmente bonita, com uma pegada bastante old school que vai desde o logo antigo da DB até a fonte simples usada nas chamadas, que aliás são bem poucas e maiores que as das últimas edições. Acho que a escolha aqui foi pela maior simplicidade e limpeza, como por exemplo, na não utilização de chamadas na parte inferior da capa. Já a chamada da parte de cima é minha única crítica a capa: Enquanto miniaturas pode até remeter a alguma coisa, a palavra tabuleiro não me diz absolutamente nada e a sigla MMORPGs, apesar de ser a bola da vez podia ter sido apresentada de maneira mais clara, talvez usando no lugar os títulos mais famosos como Ragnarok, Guild Wars (ambos já lançados no Brasil) ou mesmo World of Warcraft.

O mais impressionante da capa são as chamadas, a maioria sobre matérias oficiais da Green Ronin (Editora Jambô), White Wolf e Wizards of the Coast (Devir). As chamadas dão ênfase no status oficial dos artigos, uma jogada bem inteligente para uma edição que servirá de termômetro do novo foco editorial da revista. Das quatro chamadas duas são aventuras, além da matéria A Forja, aparentemente também voltada para os mestres. Julgando pela capa (minha mãe me dizia para nunca fazer isso…) a nova Dragão Brasil ainda tem o mestre como foco principal e não os jogadores, o que pode vir a se mostrar um movimento perigoso devido ao maior número de jogadores que de mestres.

A capa da DB #121 surpreendeu tanto por sua simplicidade e beleza quanto pela escolha do material de suporte oficial. Resta agora aguardarmos a revista nas bancas e torcer por novas e agradáveis surpresas.

Comments are closed.