O Eterno Drama da Devir

Através de um e-mail recente na lista da REDE RPG o responsável pela linha de produtos da WotC na Devir, Douglas (D3) confirmou o interesse da editora em lançar no Brasil o Star Wars Saga Edition, terceira e última (esperamos) versão do cenário pelas regras d20.


Olá Lista,

Finalmente a edição definitiva de Star Wars foi lançada.

A Devir tem interesse em traduzir o módulo básico. Dependendo do desempenho desse livro, os suplementos serão considerados. Entretanto, tendo em vista o comportamento do mercado nos últimos meses, é muito mais provável que somente o básico seja traduzido.

Não é possível definir uma faixa de preço, porque a negociação pelos direitos de tradução ainda não se iniciaram. Uma previsão de lançamento certamente não inclui o ano de 2007, e ficará para o próximo ano.

Finalmente, a Devir não “dava como desculpa” que os livros anteriores não eram traduzidos em função da edição definitiva, que seria (e realmente foi) lançada. Se tivéssemos publicado os módulos básicos anteriores, todo o descontentamento relacionado à transição entre as edições 3.0 e 3.5 de D&D alcançariam Star Wars, prejudicando (talvez gravemente) o produto.

Espero ter ajudado.


Em outro e-mail da mesma discussão foi confirmado que a Devir lançará no EIRPG somente o Arcana Evoluída, uma espécie de livro do jogador alternativo do Monte Cook, com um novo cenário, raças, classes e magias. O livro terá capa dura e 430 páginas coloridas, e será vendido por R$120,00.

Segundo o D3 tanto o Draconomicon quanto o Livro do Jogador de Faerûn, estão prontos e aguardam um momento adequado para serem lançados. No mesmo e-mail ele definiu momento adequado:

Quando houver uma data apropriada, como o SampaRPG (por exemplo) ou um Dia das Crianças, e capital suficiente para sustentar as lentas vendas de um produto como esse.

Enfim, essa definição de data apropriada foi interessante. Será que um livro vende tanto assim no SampaRPG para segurar seu lançamento? E em 2006 não tivemos várias datas legais, como as citadas acima, para lançar esses livros ou mesmo os básicos de GURPS que foram prometidos para o EIRPG do ano passado?

Seguindo algumas dessas perguntas e mais um monte de outras, um cara postou no fórum da Wizards uma reclamação sobre a Devir e a situação do D&D no Brasil, apontando principalmente o atraso dos lançamentos e o descaso da editora com seus consumidores. Em menos de 24 horas mais uma leva de brasileiros se juntaram ao tópico, que ainda deve permanecer no topo do fórum por algum tempo, e trouxeram mais uma série de reclamações – algumas bem bobas na verdade, mas outras com bons argumentos e ponderação. Parece que o link da discussão já foi enviado para representantes da Devir, e agora resta saber se vão responder no fórum assim como algum representante da WotC, o que não é tão improvável, visto que o histórico deles de interação com o público é inversamente proporcional ao da Devir.

Comments are closed.