Notas da palestra de ontem – Tradução

O Frederico “Spellcaster” do Covil.org tem traduzido noticias na EN World e comunicados da WotC e colocado em sua página, um esforço muito bacana que eu não teria a mínima paciência de fazer! Segue abaixo a tradução que ele fez da notícia da EN World que eu havia publicado ontem:

Nesta sexta ocorreu um seminário a respeito do D&D 4ª Edição na GenCon. Fontes do EnWorld estavam lá e soltaram um resumo de tudo o que foi dito nele. Quem tem um bom inglês pode ler este resumo na página inicial do EnWorld. Para quem não manda tão bem no idioma das estrelas e listras, aí vai uma tradução minha. Mike Mearls será o principal desenvolvedor para a 4ª Edição. Os outros serão Rich Baker, Andy Collins e Bill Slavicsek.

  • O 3.5 Rules Compendium (Compilação de Regras da 3.5) será um último “viva!” para a 3e, “Uma celebração e compilação” (Bill Slavicsek). O livro apresentará um layout similar ao de uma enciclopédia e terá comentários dos designers sobre o porquê das regras terem sido estruturadas da forma como foram.
  • Muitos dos produtos lançados de agora até maio terão material da 4e para eles no D&D Insider.
  • O Elder Evils (Maus Ancestrais) foi discutido. Ele é uma compilação de mini aventuras estruturadas ao redor de famosos super monstros que por pouco não estão no nível de poder de divindades, como Kezef o Cão do Caos e Dendar a Serpente da Noite.
  • Alguns novos monstros do Monster Manual da 4e aparecerão primeiro para D&D Miniatures em novembro.
  • Livros que forem lançados de agora até maio serão “à prova de edição” (isto é, conterão material que poderá ser aproveitado com a 4e).
  • O Dungeon Survival Guide (Guia de Sobrevivência de Dungeons) foi discutido. Ele seria um livro de mesa com imagens que o levariam através de famosas dungeons do D&D, inclusive a Tumba dos Horrores e o Castelo Ravenloft original.
  • Innfighting (Briga de Estalagem) foi anunciado – é um jogo de dados não-colecionáveis criado por Rob Heisnoo. Ele é para os dados o que o Three Dragon Ante foi para as cartas.
  • Para Forgotten Realms será lançado como livro “A Grand History of the Realms” (Uma Grande História dos Reinos). Esta é uma adaptação do lançamento de mesmo nome para a web, mas com arte nova e informações adicionais dos autores, inclusive Ed Greenwood e Eric Boyd.
  • A série Wizards Presents (Wizards Apresenta) introduzira a 4e. Dois produtos foram discutidos – classes and races; e worlds and monsters.
  • Em abril haverá uma aventura introdutória com material para iniciar jogos (um quickstart) com a 4e.
  • A capa do Player’s Handbook está finalizada. As do Dungeon Master’s Guide e do Monster Manual estão próximas do final.

Eis algumas das principais perguntas feitas.

  • Quantas classes a mais – esta pergunta foi repetidamente evitada, até ter sido adimitido que haveriam menos do que atualmente (11). Quantas menos ou quem sairia não foi discutido.
  • Classes de personagens que não eram conjuradoras antes agora possuem recursos para adiministrar de forma similar a magias.
  • Os poderes dos personagens agora dividem-se entre os de uso à vontade, por encontro e por dia.
  • Os espaços de magia vancianos (sistema de magias por dia) terão sua importância reduzida no quanto eles controlam as habilidades dos conjuradores.
  • O sistema de encontros será completamente refeito.
  • Monstros terão seus papéis definidos no MM. Criação de monstros será mais aberta. Nem todos os monstros terão informações necessárias para torná-los personagens jogáveis.
  • O Monster Manual terá 288 páginas e o Dungeon Master’s Guide terá 256.
  • O cenário assumido pelos livros será “pontos de luz num mundo escuro”
  • Perguntas se Greyhawk será o mundo padrão foram evitadas, entretanto, os nomes próprios do cenário permanecerão.
  • Para a pergunta se o XP será necessário para fazer itens mágicos, Andy Collins respondeu “No, Hell No.” (”Não, de jeito nenhum.”). Não foi discutido como os itens mágicos serão criados pelos personagens, nada além de uma afirmação vaga sobre você não precisar gastar um talento para isso, e a estrutura de criação de itens fora de personagens tornar-se-á mais livre.

Para mais traduções e notícias confiram o Covil.org !

Comments are closed.