Novidades de Agosto e Setembro

Ontem foi publicado no site da Wizards o preview dos lançamentos do mês de Agosto, assim como algumas coisas que veremos em Setembro.

Pra começar tem um monte de coisas sobre Forgotten Realms, e se você já conhece este blog a algum tempo sabe que eu acho FR um cenário bem bobo. Talvez com este avanço de 100 anos na linha de tempo e todas as mudanças cataclísmicas (uau, pela terceira vez!) o cenário pode até ficar mais divertido… Mas a moral da história é que o bom e velho FR me da preguiça, então vamos passar disso logo para chegar na parte boa.

O Forgotten Realms Campaign Guide sai este mês e já estão rolando um monte de previews. Já em Setembro teremos o Forgotten Realms Player’s Guide, que parece ser um pouquinho mais interessante, com o Dark Pact, um novo tipo de pacto de Warlock, a classe Swordmage e tal. Chega de FR né?

Agosto também é o mês da Pyramid of Shadows, terceira e última aventura da série iniciada pela Keep on the Shadowfell, para levar os personagens do 7° ao 10° nível. As descrições de três lugares da aventura são bem pequenas, mas dão a impressão de uma dungeon divertida e bizarra – e a ilustração da Ice Chamber está excelente!

No mês seguinte, além do meu aniversário teremos o Adventurer’s Vault, que é descrito no site da Wizards:

This supplement for the Dungeons & Dragons game presents nearly a thousand magic items, weapons, tools, and other useful items for your D&D character. Whether you’re a player looking for a new piece of equipment or a Dungeon Master stocking a dragon’s hoard, this book has exactly what you need.

The book features a mix of classic items updated to the 4th Edition rules and brand-new items never before seen in D&D.

Parece meio sem graça, ainda mais para uma primeira rodada de livros da nova edição, quando coisas muito mais legais podiam ser lançadas… Mas a arma descrita no preview é divertida graças a uma das novas propriedades:

Weapon Prof. Damage Range Price Weight Group Properties
Execution axe +2 d12 30 gp 14 lb. Axe Brutal 2, high crit

Execution Axe: This broad-bladed axe is heavily weighted for greater hewing power.

Brutal: A brutal weapon’s minimum damage is higher than that of a normal weapon. When rolling the weapon’s damage, reroll any die that displays a value equal to or lower than the brutal value given for the weapon. Reroll the die until the value shown exceeds the weapon’s brutal value, and then use the new value.

For example, the execution axe has a property of brutal 2. If a fighter wielding this weapon hits with steel serpent strike (a 2[W] power), the player rolls 2d12 for the weapon damage, rerolling a die result of 1 or 2 until the die shows 3 or higher.

Ok, isso foi uma mecânica esperta. Esse livro pode ter umas coisas legais…

Na sequencia temos aquelas sacolinhas meio “pokebolas” que já rolavam na 3ª edição e fazem o jogo parecer mais bobinho cada vez que são utilizadas. O que me chocou foi a imagem logo depois delas, muito boa mesmo! Provavelmente a melhor arte que eu vi na 4ª edição até agora, apesar da pegada 3D que eu não sou muito fã.

O melhor do artigo mesmo foram as imagens, algumas no clima 3ª edição/Pathfinder, como a mina de roxo, outras simplesmente estilosas e de bom gosto como as que acompanham o preview da aventura. Será que a Wizards voltou a acertar a mão com os ilustradores? Tomara!

6 Comentários

O que acha? Tem alguma crítica ou sugestão? Só mandar! Deixe um Comentário

  1. M.K. disse:

    Ainda não consegui ler os livros da quarta edição. Mas tenho que concordar que essa imagem que vc postou é realmente muito boa, acima da média das outras da atual. Mas enfim, quando sai em portugues? Talvez ai eu comece a me interessar pela edição nova.

  2. Rocha disse: (Author)

    Mas enfim, quando sai em português? Talvez ai eu comece a me interessar pela edição nova.

    Dia 12 de Outubro sai o Livro do Jogador. E antes, ainda sai a Keep on the Shadowfell, uma aventura introdutória.

  3. Victor disse:

    Esse esquema de armas tah mto estilo MMORPG… talvez isso deixe o jogo mais dinâmico mas vai perder mto em valorizar a interpretação… o q quase nao tinha no 3.5

    Talvez isso abra espaço sistemas q valorizam o jogo interpretativo… talvez faça D&D desbancar sistemas menores para sempre…

    Bom, soh vendo pra saber

  4. Rocha disse: (Author)

    Esse esquema de armas tah mto estilo MMORPG… talvez isso deixe o jogo mais dinâmico mas vai perder mto em valorizar a interpretação… o q quase nao tinha no 3.5

    Hein?

  5. Chuck disse:

    Que mecânica mais broken… Aposto que alguém no EnWorld vai aparecer daqui a uns dias com umas tabelas matemáticas bizonhas mostrando que esse esquema do brutal é broken.

  6. Rocha disse: (Author)

    Que mecânica mais broken… Aposto que alguém no EnWorld vai aparecer daqui a uns dias com umas tabelas matemáticas bizonhas mostrando que esse esquema do brutal é broken.

    Enquanto eles mantiverem o Brutal abaixo da média dos dados acho que esta ok. Uma arma de d6 com Brutal 3 seria realmente broken, mas um machado de d12 que só tira de 3 pra cima é bacana, mas nada surreal.

    Ainda…

Comments are now closed for this article.