Dragon Slayers

Depois do lançamento do Draconomicon I: Chromatic Dragons a Dragon #369 nos trás um artigo sobre Dragon Slayers escrito por Ari Marmell, um dos três autores do livro, com oito novos paragon paths relacionados aos monstrengos.

Os clérigos recebem o Scourge of Io, uma paragon path voltada para aqueles cujos deuses nutrem um ódio especial de dragões, com poderes mais fortes e difíceis de serem resistidos por essas criaturas. Destaque para o Fire with Fire, poder diário de 20° nível, que não só permite ao clérico usar um sopro como os dos dragões, mas também lhe dá assas até o fim do encontro. Morra de inveja Redbull!

Guerreiros podem se tornar Scale-Breakers, uma espécie de dragon slayer clássico, que resolve as coisas na espada, com direito a poderes que impedem os dragões de voar, dão penalidade na AC e algumas vulnerabilidades… Achei os danos muito baixos de forma geral, e não impressionou muito.

Os paladinos por outro lado detonam os dragões ao se tornarem Knights of the Unyielding Bastion, que segue a pegada dos dragon slayers, com direito a penalidades aumentadas para marcar dragões, curar aliados alvos de armas de sopro como uma ação livre, e impedir os dragões de recarregarem seus poderes.

Rangers por sua vez podem ser Wyrm-Hunters, que causam toneladas de dano contra dragões, em especial com o poder diário de 20° nível Deadly Aim, que causa 3[W] + bônus de Força ou Destreza, e soma mais 3[W] para seu ataque contra o dragão no próximo turno. Ouch!

Os ladinos dão uma leve variada no tema e recebem a paragon path Hoard Raider, como o nome indica, especializada em aliviar um pouco o peso dos tesouros nos lares dos dragões. Na prática alguma mudança? Nada, só poderes e habilidades que aumentam os acertos críticos e ataques furtivos contra os dragões, além de alguns bônus nas jogadas de defesa de Reflexos.

Os warlocks surgem com os Dragonbane Pactmakers, que realizam um segundo pacto com uma entidade cheia de ódio pelos dragões. Ai já viu né, recebe um monte de poderes e habilidades para dificultar a vida dos lagartões.

Warlords podem se tornar Dragon Marshals, treinados na arte de liderar aventureiros contra os temíveis dragões, mas os poderes não agradaram muito…

Finalmente os magos, que podem adquirir o paragon path Draconic Antithesis, dedicados nãosó a aprender a magia dracônica, mas usá-la contra as próprias criaturas. Com poderes que além de causar dano, impedem o alvo de voar ou usar ataques de um determinado tipo de energia, o Draconic Antithesis parece ser o mais forte dentre os paragons paths apresentados no artigo.

Matéria bem meia boca mesmo, parece ter sido feita na correria para aproveitar o lançamento doDraconomicon I:Chromatic Dragons. Mesmo sendo um artigo só de paragon paths, para mim a parte mais chata dos personagens da 4ª edição, é incrível como todos os oito paths se parecem. Nem mesmo a micro descrição, que poderia fazer laguma diferença aqui, ajuda, e tirando o ladino, todas as outras descrições parecem falar do mesmo paragon path.

Quem sabe em breve não veremos um artigo com talentos, armas e idéias realmente legais para os caçadores de dragões, à altura da matéria sobre os gladiadores. Até porque o Draconomicon I não tem nada sobre caçadores. Mas até lá, esta matéria da Dragon #369 não vai resolver muita coisa…

Comments are closed.