Sai a versão revisada da GSL – Parte 1

Depois de inacreditáveis 7 meses de enrolação, a versão revisada da Game System Licence (GSL) do Dungeons & Dragons 4ª edição foi publicada ontem no site da Wizards of the Coast.

Como eu só vi a notícia hoje cedo, e estou no horário de almoço do trampo, só poderei fazer um belo post comentando as mudanças de noite. Até lá decidi fazer uma breve linha do tempo da GSL, com os posts que fiz sobre o assunto aqui no Área Cinza, e depois colocar os links de quem já fez uma análise bacana da nova licença. Então como relembrar é viver, vamos a saga da GSL:

Janeiro 2008 – A Wizards anuncia grandes mudanças no modelo da licença do Dungeons & Dragons, e apresenta uma proposta de liberação em duas fases – antecipada para as editoras que pagarem 5 mil dólares, e de graça a partir de Junho de 2008. (WotC anuncia seus planos para a OGL e SRD)

Abril 2008 – A WotC volta atrás na proposta de liberação em duas fases, e anuncia que todas as editoras poderão usar a GSL ao mesmo tempo e de graça a partir de Junho. (Grandes mudanças na GSL)

Junho 2008 – Apesar da data anunciada de lançamento da GSL ser 6 de Junho, o documento só foi liberado no dia 18. A recepção da licença é extremamente negativa por parte das editoras e muitos consumidores. (A GSL que não saiA GSL e SRD foram lançadas!)

Julho 2008 – Começam a aparecer lançamentos de outras editoras que não seguem as diretrizes da GSL, apostando em sua ilegalidade frente as leis de copyrightfair use norte-americanas. (Livros para a 4ª edição do D&D sem GSL?E a guerra  contra GSL continua…). Paralelamente editoras importantes, em especial a Green Ronin, anunciam que não lançarão seus produtos para a 4ª edição do D&D. (Green Ronin fora da GSL)

Agosto 2008 – Até a Necromancer Games, cujo dono Clark Peterson é um dos maiores entusiastas da nova edição anuncia que não vai lançar produtos para a 4ª edição devido a rigidez da GSL, pelo menos até que ela seja revisada. (Até a Necromancer Games esta fora da 4ª edição). Finalmente no dia 12 de Agosto a WotC anuncia que a GSL será revisada e a nova versão liberada em um futuro muito próximo. (A Wizards vai revisar a GSL e a SRD da 4ª edição!)

Setembro 2008 – Começa a ficar evidente que o futuro muito próximo da Wizards não é próximo o suficiente para o resto das editoras e jogadores. (Alguém se lembra da revisão na GSL?)

Outubro 2008 – Chega o dia 1° de Outubro, a partir do qual os lançamentos para a 4ª edição de outras editoras foram liberados para a publicação. ao contrário do que inicialmente se esperava, poucos livros são lançados nesta data devido a indefinição da GSL. (Dia 1° de Outubro e dai?)

A partir de Outubro o que rolou foi uma série interminável de desculpas e prazos vagos e nebulosos (”muito em breve” ou “logo depois do natal“) sendo sistematicamente ignorados. Até que quando ninguém mais estava roendo as unhas de expectativa a GSL revisada foi lançada em Março de 2009, 7 meses após o anúncio que o documento seria modificado.

E a espera valeu a pena? Eu li rapidamente a nova licença e as mudanças foram definitivamente positivas, tornando-a um documento mais sensato e passível de ser levado a sério por qualquer um que  invista dinheiro na publicação de livros de RPG. Farei uma análise um pouco mais detalhada de noite na Parte 2 deste artigo, mas até lá é possível acompanhar algumas excelente análises da nova licença, como a feita pelo blog Mad Brew Labs, e a do Geek Related, escrita por um grande crítico da nova edição. E como nos velhos tempos, o CF do Covil fez um post ótimo e veloz no qual discute as principais mudanças e pontos da nova GSL. Altamente recomendado!

Comments are closed.