Entrevistas sobre 2009 – .20

E estamos nos aproximando do final da série sobre mercado de RPG em 2009! Hoje as respostas para as perguntas que vocês já conhecem são dos caras do .20, outro blog crucial como o Paragons e o Rolando 20, e que ainda marca a forma como um blog de RPG colaborativo deve funcionar. Na época que a entrevista foi respondida o CF (do antigo Covil)  ainda não fazia parte do .20 e por isso não apareceu nas respostas. Relembrando a proposta desta série: em Dezembro de 2009 enviei uma mini-entrevista para 14 figuras e grupos que considero importantes na cena do RPG nacional, com perguntas padronizadas sobre como avaliavam o ano que estava acabando. A idéia não era fazer uma pesquisa elaborada com centenas de entrevistados, mas tentar montar um mosaíco simples com algumas peças chaves do RPG por aqui, e com base nas opiniões e pontos de vistas de cada um iniciar uma discussão sobre os rumos do hobby no Brasil. Dito isso deixo a palavra com os cinco cavalheiros do .20:

1- Como vocês avaliam o ano de 2009 para o mercado nacional de RPG? De forma geral foi um ano melhor ou pior que o anterior? Por quê?

ARMAGEDDON: Pra mim foi um ano meio “hiato” pra coisa toda. Das grandes só a Devir lançou material pra 4E e do Novo Mundo das Trevas com certa frequência. A Jambô mesmo só lançou mesmo salvo engano o Guia do Mundo dos Reinos de Ferro e a Contra Arsenal. A Daemon tá mais prá lá do que pra cá… Acho que todo mundo guardou seus “ases” pra 2010.

NUME: Apesar do segundo semestre meio parado, o ano como um todo foi bem melhor que 2008. A Jambô e a Devir lideraram os lançamentos. Pela Jambô tivemos a volta dos livros-jogos, o Guia do Mundo dos Reinos de Ferro, Contra Arsenal e as Guerras Táuricas, que foi o primeiro evento megaboga de Tormenta nesse estilo que os quadrinhos Marvel e DC estão popularizando. A Devir esquentou um pouco a 4E, apesar de não conseguir cumprir a promessa feita na RPGCon de nove livros em sete meses.

TEK: Melhor que boa parte dos anos anteriores, aumento da “influência” dos blogs de RPG em avaliação de material e principalmente em divulgação de iniciativas, que por sua vez incentivam o “consumo” desses sistemas.

2- Qual foi a melhor notícia, iniciativa ou lançamento do RPG nacional este ano na opinião de vocês?

ARMAGEDDON: Pois é, nacional não teve nada, acho. As traduções dominaram esse ano nas editoras. De Iniciativa, a que pelo menos aparentemente gerou mais movimento foi aquele Old Dragon, só que deve ser impressão que tenho por causa do spam generalizado nas listas de discussão, dos quais já dei minha opinião e não digo mais nada sobre heheh ;D

NUME: Difícil escolher. A melhor notícia, provavelmente, foi o cancelamento do EIRPG que já estava moribundo a anos. E a melhor iniciativa foi a RPGCon sendo organizada no vácuo deixado pela quase-instituição que foi o EIRPG. Considero que o cancelamento do EIRPG foi importante por dar este espaço para que novas iniciativas fossem criadas. Quanto ao melhor lançamento, temos uma penca deles em 2009 e o melhor só pode ficar por gosto pessoal. Meu preferido é o Guia do Mundo, com suas 400 páginas de puro material descritivo.

SHIDO: Mas tem uma coisa preocupante nessa lista, devo ressaltar: Todos os suplementos da Devir são traduções de importados. Da parte da Jambô, idem para os Reinos; o que sobra, por parte da Jambô, é monopolizado em torno de um único cenário. Lançamentos sim. Produção de coisa nova? Nem tanto.

TEK: Gostei da RPGCon ter acontecido e evitado que muitos ficassem “órfãos” do EIRPG. Outro ponto importante a destacar foi a passagem da DragonSlayer para o pessoal da Jambô, além do final da trilogia de romances de Tormenta mudando drasticamente vários pontos do cenário. Menção honrosa para as Iniciativas dos blogs, que se juntaram para produzir material inédito e de qualidade.

3- De forma mais geral, como vocês enxergam o ano de 2009 para o mercado mundial de RPG? E qual a notícia, iniciativa ou lançamento que mais se destacou neste ano?

ARMAGEDDON: Idem. Um ano que um jogo sobre ratos combatendo patos foi o grande destaque não pode ter sido muito bom XD

NUME: Positivo, em geral. Houveram muitos lançamentos e uma certa diversificação depois da queda do Sistema d20 provocada pela Wizards. Acho que a melhor notícia foi o anúncio do desenvolvimento de um game dos Reinos de Ferro, a iniciativa e o lançamento que mais se destacou foi o Pathfinder, sem sombra de dúvida.

TEK: Um ano bem atípico, e espero que os próximos sejam bons assim. Destaque para Pathfinder entrando na competição com a Quarta Edição, e o anúncio de Dragon Age RPG.

4- Quais foram seus principais projetos, lançamentos ou iniciativas em 2009? Eles responderam as suas expectativas?

LEONEL: Estive bastante ocupado com meus assuntos pessoais em 2009, produzi muito pouco em termos de RPG. Acho que posso destacar os trabalhos para a Mongoose, que têm sido legais de se fazer, ainda mais que a Mongoose pegou títulos clássicos… Fiquei muito contente de ter feito alguns mapas e casas para Conan e Paranóia, por exemplo. Para o Brasil fiz quase nada. Acho que destaco apenas um trabalho para a Jambô, e as tiras constantes para a DS. Mesmo aqui no .20 tenho escrito pouco…

ARMAGEDDON: Eu trabalhei em alguma coisa de RPG ou sobre fantasia no geral, mas não cheguei a lançar nada por uma série de motivos…. provavelmente ficou tudo pra 2010.

NUME: Tiveram várias coisas, mas poucas foram a altura do que esperava, por diversos motivos do mundo real não pude me dedicar como gostaria aos projetos de RPG. Existem algumas coisas que vão sair em 2010, mas que ainda não posso falar. O mais legal é uma antologia de contos de Tormenta que vai sair pela Jambô com a colaboração de vários autores do .20.

SHIDO: A única coisa mais “RPGística” em que estou realmente trabalhando é num romance do Romância. Estava indo bem, até o final de semestre zonear tudo. Em cima disso ainda tem um concurso na área que, caso me classifique, me vai tomar grande parte das férias pra confeccionar. Só romance mesmo. RPG, se for sair, só depois (conforme preceitos já defendidos pelo Leonel). Isso se sair algo em termos de RPG, que eu acho cada vez mais improvável.

TEK: Migrar a .20 para um servidor que atendesse totalmente às necessidades do blog, mudar o tema antigo para algo mais limpo e funcional, trazer novos colaboradores para escrever sobre assuntos diversos, incentivar alguns projetos de fãs que me chamaram a atenção e adaptar (junto com o CF) Tormenta para Quarta Edição, entre outros projetos. São muitos, mas fico feliz de ter atingido um nível bom de satisfação com a maioria deles.

5- Quais são suas expectativas para o mercado de RPG nacional para 2010?

ARMAGEDDON: Vai ser um ano foda IMHO. Tudo o que ficou engavetado/em produção em 2009 deve sair do limbo em 2010.

NUME: Muitas. Estou especialmente empolgado com a idéia de que em 2010 o vale-cultura que será implantado pelo governo dará um hype legal no mercado editorial, e parte desse hype deve afetar o RPG. Provavelmente quando esta entrevista sair o artigo que estou escrevendo sobre o tema já vai ter saído com mais detalhes. Fora isto, estou realmente empolgado como fã de Tormenta pelo novo livro básico. Acho que será um ano ainda melhor para o cenário e para o RPG do que 2009 foi.

TEK: Espero que tenhamos mais eventos, especialmente em SP, além de aguardar ansioso o lançamento de títulos como Tormenta RPG. Vejo também um ano para a consolidação dos blogs de RPG, com um aumento tanto na quantidade quanto no volume de informações, além da maior participação destes tanto na divulgação quanto na produção de material nacional.

6- Você já tem projetos, lançamentos ou iniciativas previstos para o ano que vem? Se sim nos fale um pouco sobre eles!

ARMAGEDDON: Até tenho, mas como não tenho certeza sobre nada nem posso dizer se vai rolar ou não. O grande lance seria o Manual do Aventureiro pra 3D&T no qual ajudei um pouco, mas nem sei a quantas anda o projeto.

NUME: O Tiago Lobo me convidou para ir morar em Porto Alegre e talvez trabalhar com a Jambô. Tenho pensado bastante sobre isso e estou inclinado a aceitar. Neste final de ano passei a morar sozinho em outra cidade e a experiência está sendo bacana, acho que vale a pena ir em busca de novas experiências na minha idade.

TEK: Para o início de 2010 devemos trazer novos colaboradores, além de retomar as promoções e o desenvolvimento de material de campanha alternativo, além de colaborações esporádicas para a DragonSlayer, Tormenta e Jambô. O site deve receber novas funcionalidades e eu pretendo escrever mais, provavelmente sobre outros assuntos não ligados diretamente ao RPG mas que influenciam ou são influenciados por ele, como mercado e MMOs.

Comentários: Divertido que dos três que responderam sobre como avaliam 2009 em comparação direta com 2008, o Nume e Tek disseram de um avanço, com mais lançamentos e novidades, enquanto o Armageddon já marca 2009 como um “ano parado” mesmo com o lançamento bem feito da 4e do Dungeons & Dragons pela Devir e as novidades da Jambô. Mas realmente, tirando as duas de cena, não sobra muito a ser dito sobre as editoras no ano passado… E novamente a RPGCON aparece como um dos destaques de 2009, que na minha opinião foi a maior surpresa do ano disparada, já que ninguém apostava que fosse ser um sucesso tão grande!

E vários projetos legais, com destaque para o romance de Romância do Shido, um cenário que eu acho que tem uma pegada muito autoral e absurdamente criativa, e os constantes upgrades do .20. E na parte das expectativas, como todo mundo no blog é super fã de Tormenta, é claro que boa parte da espera sobre 2010 recai sobre o lançamento do novo livro básico do mais famoso cenário nacional. Espero que 2010 esteja vivendo à altura das expectativas, pelo menos já deu pra perceber a retomada do .20 em grande estilo!

Gostaria de agradecer ao pessoal do .20, pelas respostas, em especial ao Salomão “Tek”, sempre veloz nos contatos, e que também me deu uma super força quando o Área Cinza saiu do ar e teve uma série de zicas no início do ano. É disso que estamos falando, jogadores e blogs colaborando para produzirem juntos, ou mesmo quebrarem um galho aqui e ali. Te pago uma cerveja na RPGCON cara!

8 Comentários

O que acha? Tem alguma crítica ou sugestão? Só mandar! Deixe um Comentário

  1. Gostei bastante da entrevista. O .20 é uma espécie de versão bem-sucedida do "Legendários". O pessoal mais legal da blogesfera RPGística + O Armageddon colaboram pro site.

    Romancia é um cenário muito legal. Queria eu ter mais tempo (e um grupo de jogo) para jogar umas sessões no cenário.

    Uma boa ideia seria reunir todo esse pessoal num mega churrasco .vintístico :]

    *Que o Nume e o Lobo sejam muito felizes*

  2. Arquimago disse:

    É o pessoal voltou com tudo, vamos ver o que sai.

  3. Tek disse:

    Lembrando que, de lá pra cá, "absorvemos" o Covil e estreamos novos colaboradores, e o resto dos assuntos está bem encaminhado. Atualmente retomamos um ritmo bom de publicação de notícias e material, então vejo com bons olhos o rumo que nós estamos tomando. E ainda vou ganhar uma Guinness na RPGCon! :)
    E agora é público o caso do Nume com o Lobo. Parabéns aos pombinhos, espero que sejam muito felizes em Porto Alegre. xD

  4. Tek disse:

    Isso quer dizer que o Armageddon não é um dos caras mais legais da blogosfera RPGística? Tadinho dele, o cara escreve em metade dos blogs que existem e ainda assim não é legal…

  5. Nume Finório disse:

    Porra, mas que merda é essa? Virei mulherzinha do Lobo agora? Tomara que vocês morram e meu pau cresça :P

    Hahahaha!

    No mais, a ida para PoA acabou não acontecendo.

  6. Tek disse:

    Hm, sinto que houve uma DR. Bom, felicidades pra vocês.

Trackbacks for this post

  1. Tweets that mention O publicou na Área Cinza a entrevista com a galera da dá uma olhada: -- Topsy.com

Comments are now closed for this article.