Indicados aos ENnies e Votação Rolando!

Ok, a cara é manter isso aqui agitado como nos bons e velhos tempos, mas antes preciso de fazer um ou outro post arrumando a casa. Este é um destes!

A 12 dias atrás (eu sei, eu sei…) foram anunciados os indicados aos ENnies, descritos por muita gente como o Oscar do RPG, uma premiação em grande parte definida pelo voto popular, na qual uma série de títulos são escolhidos por juízes, e depois abertos para escolha do público. O ENnie foi criado pela ENWorld em 2001 como um evento anual que ocorre tradicionalmente durante a GenCon (que este ano ocorre entre 4 e 7 de Agosto), e que visa premiar os melhores lançamentos de RPG do ano em diversas (e as vezes controversas) categorias. Em 2011 vimos uma lista de indicados repleta de jogos não-d20, com muitos indies e coisas diferentes:

Best Adventure

Best Aid/Accessory

Best Art, Cover

Best Art, Interior

Best Blog

Best Cartography

Best Electronic Book

Best Free Product

Best Game

Best Miniatures Product

Best Monster/Adversary

Best New Game (published for the first time ever)

Best Podcast

Best Production Values

Best RPG Related Product

Best Rules

Best Setting

Best Supplement

Best Website

Best Writing

Product of the Year

Que lista incrível! Dentre os produtos com maior números de indicações, The Dresden Files RPG o vencedor de melhor RPG do ano na Origins lidera a parada com nada menos que 6 indicações (entre elas Melhor Produto do Ano, Melhor Jogo, Melhor Escrita e Melhores Regras <3), seguido pelo indie fofo Happy Birthday, Robot! também da Evil Hat com 4 indicações;  e o Gatecrashing, suplemento de Eclipse Phase da Posthuman Studios com 4 indicações.  A Paizo também mandou bem com seu Pathfinder Campaign Setting: Inner Sea World Guide com 4 indicações, e  Pathfinder Roleplaying Game: Advanced Player’s Guide  e Pathfinder Roleplaying Game: Bestiary 2 ambos com 2 indicações. A boa e velha Green Ronin tem A Song of Ice and Fire Campaign Guide  e Mutants & Masterminds Hero’s Handbook com 3 indicações cada e o DC Adventures Hero’s Handbook com 2 indicações; o Legend of the Five Rings, Fourth Edition da Alderac com 3 indicações; e o Icons Superpowered Roleplaying  da Adamant Entertainment e Cubicle 7 também com 3 indicações. Notou a falta de algo? Sim, a Wizards of the Coast não teve nenhum produto com mais de duas indicações, embora tenha vários na lista.

Impressionante hein? Vamos brincar de dividir as indicações por editoras pra parada ficar ainda mais visível (coloquei só as editoras com 3 ou mais indicações)

  • Evil Hat – 10 indicações
  • Paizo Publishing – 9 indicações
  • Cubicle 7 – 9 indicações
  • Green Ronin – 8 indicações
  • Wizards of the Coast – 7 indicações
  • Posthuman Studios – 6 indicações
  • Arc Dream Publishing – 5 indicações
  • Catalyst Game Labs – 5 indicações
  • Alderac Entertainment Group – 3 indicações
  • Adamant Entertainment – 3 indicações

Assim fica mais evidente o efeito da dispersão de produtos da Wizards of the Coast. A Evil Hat continua quebrando tudo (<3), assim como a Paizo, e a Cubicle 7, que distribui e agrega um monte de editoras menores surge com força empatada no segundo lugar. Ano que vem com o tal RPG do Senhor dos Anéis eles vão quebrar tudo…

chutei que o The Dresden Files RPG quebraria tudo na Origins e foi o que rolou. Acho difícil ser diferente no ENnies, que tem uma massa participativa muito maior, onde a comunidade do FATE vai poder chegar com tudo. Vale lembrar que Paizo e Evil Hat , e acho que Green Ronin, são as editoras que atualmente fazem um melhor trabalho com a comunidade, de debater abertamente, enfim, dão um suporte foda para uma minoria vocal bem organizada. E são estes que devem decidir, ou ao menos influenciar fortemente o resultado dos ENnies…

E por falar em resultados, a votação já está aberta, e vai até dia 24/07, próximo domingo. Então corra, vote em seus favoritos e aguarde o resultado dia 5 de agosto!

 

Deixe um Comentário

O que acha? Tem alguma crítica ou sugestão? Só mandar!