Todas as postagens em Artigos

As tiragens das editoras independentes

No início da semana escrevi um artigo sobre o que acho que significam as tiragens no RPG nacional e porque elas não devem ser utilizadas como único parâmetro para avaliar um título, seja hoje seja nos saudosos anos 90. Acabei me estendendo falando muito do passado e de como as tiragens funcionavam a 10 ou 20 anos atrás e não dei a atenção devida ao modelo atual adotado por várias editoras independentes, portanto farei isso agora. Afinal quem vive de passado é museu e um ou outro site de RPG por aí!

Vou partir da discussão já feita sobre tiragens, investimento e risco feita no artigo anterior, então acho que se você não ele ainda essa pode ser uma boa hora para fazê-lo. Resumidamente, parece que todos concordamos no artigo anterior que uma maior tiragem representa um maior risco de recuperar seu investimento inicial, mas também um maior lucro por cópia vendida. Todo mundo por aqui ainda? Então vamos lá!

Leia Mais →

O que a tiragem significa?

Volta e meia aparece a discussão sobre as tiragens de livros de RPG no Brasil. Um dado que  é divulgado com certa tranquilidade em outras paragens, e no RPG nacional por vezes adotou uma característica meio nebulosa, conhecido muitas vezes apenas pelos “insiders“… Recentemente, a discussão voltou a tona, e desta vez  as tiragens serviram como lastro para o argumento que o RPG teve uma fase áurea que já acabou. Mas o que diabos a tiragem de um livro significa hoje?

A definição da nossa amiga Wikipedia é simples, mas trás o cerne do elemento que quero discutir aqui:

Leia Mais →

As duas semanas finais da campanha do Violentina

Finalmente a campanha de financiamento coletivo do Violentina chegou ao seu final! E que mês foda Agosto foi para nós!

Como já disse antes, embora tivéssemos certeza que a campanha seria bem sucedida, não imaginávamos que bateria os 9 mil reais e teria uma participação tão foda da comunidade através de posts, sugestões, elogios e críticas. Na real, e não estou falando só de quem colaborou financeiramente, mas de todos que falaram do Violentina, que curtiram a ideia e acharam interessante divulgar a proposta, muito obrigado, esse resultado jamais teria sido alcançado sem a participação e apoio de vocês.

Leia Mais →

Pé na Estrada pronto! (Ou quase isso…)

Depois de uma semana completante frenética, consegui finalizar o Pé na Estrada faltando menos de duas horas para o limite final do RPGênesis!

Essa experiência foi muito intreressante. Como todo jogador de RPG, tenho sempre uma dúzia de ideias de jogos flutuando na minha cabeça, e o legal dos concursos como o RPGênesis e o Concurso Faça Você Mesmo de Criação de Jogos, é que te obrigam a parar de procrastinar, definir uma meta realista, parar de idealizar seu jogo e colocar a mão na massa. Sim, a primeira versão provavelmente vai ser uma merda. Mas é à partir dela que você vai criar um jogo decente. E além do mais, é melhor uma primeira versão tosca na mão do que uma ideia genial apenas nas suas ondas cerebrais não é?

Meu caso não foi diferente. Curti o que consegui elaborar do jogo em sete dias, mas tive um monte de idéias no meio do caminho e acho que o jogo ainda está com uma pegada meio “colcha de retalhos”, com alguns elementos adicionados depois que podem ser mais trabalhados e mais consistentes com o restante da parada. Também faltou uma sessão consistente para o Guia, sobre como usar o jogo, modificá-lo, criar novas playlists, etc. Isso tudo sera adicionado nas próximas semanas.

Até lá quem interessar pode baixar o Pé na Estrada 0.2 – já com algumas pequenas alterações em relação a versão que enviei para o RPGênesis, como as citações e uma sessão de referências falando de onde peguei cada ideia que usei no jogo.

E mesmo que não curtam o jogo, recomendo demais pegar a playlist, que modéstia à parte, está ótima, saquem só!

01 - AC/DC - Back In Black
02 - T. Rex - 20th Century Boy
03 - Rolling Stones - Gimme Shelter
04 - Kansas - Carry on Wayward Son
05 - The Runaways - Cherry Bomb
06 - Deep Purple - Highway Star
07 - The Jimi Hendrix Experience - Crosstown Traffic
08 - Boston - Peace of Mind
09 - Motörhead - Ace of Spades
10 - Steppenwolf - Born To Be Wild
11 - The Allman Brothers Band - Ramblin' Man
12 - MC5 - Kick Out the Jams
13 - Creedence Clearwater Revival - Bad Moon Rising
14 - Thin Lizzy - The Boys are Back in Town
15 - Styx - Renegade
16 - Led Zeppelin - Ramble On
17 - Free - All Right Now
18 - KISS - Detroit Rock City
19 - Lynard Skynard - Poison Whiskey
20 - Chambers Brothers - Time Has Come Today

E façam o favor de comentar, criticar e sugerir, para que o Pé na Estrada se torne um jogo ainda mais legal nos próximos dias!